Rock in Rio: Resumo do Sunset na segunda noite

Muito metal nacional cheio de convidados internacionais provam referência no gênero

por

20 de setembro de 2015

Screenshot_2015-09-20-00-35-11-1

Noite de Metal no Rock in Rio. O Palco Sunset já começou pegando fogo com os maiores representantes do Heavy Metal Nacional e muitos convidados internacionais. Logo de começo, Noturnall, que é formada por ex-membros de inúmeras bandas proeminentes brasileiras, com direito a convidado especial Michael Kiske, ex-vocalista da Banda alemã Halloween, e dançarinas maquiadas de zumbi e fizeram até poledancing, o que animou muito o público. Em seguida, Angra preparou mil surpresas. A primeira sendo logo a troca de guitarrista para Marcelo Barbosa, pois Kiko Loureiro teve seu talento exportado para a banda Megadeth, mas que já chegou solando com confiança. Angra também convidou Doro Pesch e Dee Snider, vocalista e líder da banda oitentista Twisted Sisters, inclusive tocando sucessos destes, como “We’re not gonna take it” e “I Wanna Rock”.

Screenshot_2015-09-20-00-36-55-1

A banda Ministry causou um pouco de estranhamento devido à fusão de eletrônico com metal, num estilo meio industrial de sons distorcidos, mas ainda assim agressivos. Mas foi a Banda Korn fechando o Palco Sunset que explodiu as expectativas, talvez pelo tempo certo de saudades que os fãs tinham do som dos músicos, que não apareciam com trabalho novo há um tempinho. Com incrível presença e segurança de palco como se nunca houvessem saído dele. Desde o baixista Reginald Arvizu que decidiu fazer homenagem inusitada, tocando seu instrumento com cordas verde e amarelas da cor de nossa bandeira; ao vocalista Jonathan Davis que ainda tocou até gaita de fole, com surpreendente recepção dos fãs, a levantar apetrechos da banda e até o bonequinho famoso desde que ilustrou álbum do grupo. Muitos gritaram pela injustiça de uma banda tão saudosa não ter ocupado o Palco Mundo ao invés do Sunset, já que tinham hits e infraestrutura para dominar o palco principal, mas talvez apenas por não estarem no momento tão em voga, foram preteridos por nomes um pouco menores, porém mais recentes no mercado fonográfico. Fato semelhante aconteceu no último Rock in Rio, com a Banda The Offspring que fez o espaço maos reduzido do Sunset lotar a cotoveladas e inclusive muita gente ir embora após o show da banda em revolta por não terem tocado no Palco Mundo.

Screenshot_2015-09-20-00-37-54-1