Saiba mais sobre o design de produção do novo filme de Wes Anderson

The French Dispatch, Novo filme do diretor de sucessos como O Grande Hotel Budapeste e Moonrise Kingdom, contou com mais de 125 cenários construídos, como revela a Indiewire

por

20 de março de 2020

Saiba mais sobre o design de produção do novo filme de Wes Anderson: The French Dispatch, novo filme do diretor de sucessos como O Grande Hotel Budapeste e Moonrise Kingdom, contou com mais de 125 cenários construídos, como revela a Indiewire. Tradução por Filippo Pitanga

(Nota pessoal: quem não conhece ainda, vale dar uma procurada nos livros que retratam o design de produção de filmes anteriores do diretor = verdadeiras obras-primas! Tipo livro pra mostrar para os convidados na mesa de centro da sala de estar!):

Wes Anderson usou mais de 125 cenários construídos para seu novo filme “The French Dispatch” e transformou até fábrica de feltro em estúdio de cinema: O designer de produção vencedor do Oscar de Adam Stockhausen apresenta seu maior projeto até o momento.

O calendário de filmes para 2020 foi dramaticamente alterado nas últimas duas semanas, mas um filme ainda na programação é “The French Dispatch”, de Wes Anderson, que será lançado em julho pela Searchlight Pictures (teoricamente, se não for adiado devido ao Coronavírus). O mais recente de Anderson é seu retorno às filmagens em live-action após o stop-motion “Isle of Dogs” e apresenta um elenco repleto de estrelas que inclui Benicio del Toro, Adrien Brody, Tilda Swinton, Léa Seydoux, Frances McDormand, Timothée Chalamet e Bill Murray. O filme se passa em um posto avançado de jornais americanos na França do século XX e traz à vida três histórias que a equipe editorial está selecionando para republicar em homenagem ao seu falecido editor-chefe.

Semelhante ao “The Grand Budapest Hotel”, “The French Dispatch” ocorre em diferentes cronogramas e usa diferentes proporções para manter as diferentes histórias organizadas. Anderson ainda usa a fotografia em preto e branco neste guia para diferenciar as histórias. Anderson se reuniu com seu designer de produção, vencedor do Oscar por “The Grand Budapest”, Adam Stockhausen, para seu novo filme, e os dois criaram mais de 125 cenários diferentes para o filme.

Stockhausen disse que perdeu a conta do número exato de sets porque era um total tão grande assim de cenários. A equipe decidiu filmar em Angoulême, na França, porque tinha a infraestrutura certa para suportar todos os cenários necessários para a produção. A cidade também abrigava um fator de decadência, que Anderson e sua equipe converteram em seu próprio estúdio de cinema. “Fora da cidade, encontramos essa fábrica abandonada de feltro, que parece absurdamente apropriada em retrospecto, mas na época parecia perfeitamente normal como ‘Sim! Fábrica de feltro! ‘”, Disse Stockhausen em comunicado. “Então, substituímos esse lugar e transformamos o estilo DIY completo em um estúdio de cinema. Ocupamos as diferentes salas e transformamos um deles em um depósito de objetos e outro em carpintaria e outro em escultura e outro se tornou o cenário, e os três maiores se tornaram nossos palcos. ” Para filmar a parte de “The French Dispatch”, que ocorre em uma prisão, Stockhausen recorreu a uma antiga fábrica em ruínas.

“Percebemos que tinha o tipo certo de concha para construir a prisão”, disse ele. “Tínhamos uma noção de como seria a prisão, mas depois descobrimos que o local a transformou totalmente e começamos a projetar as linhas do bloco de celas e as várias salas diferentes, como a sala de artesanato e a câmara de execução, e tudo o que começou a ser projetado no local. ”

Screenshot_20200320-181744_Instagram