Selecionados  Première Brasil + Filmes Brasileiros em outras Mostras

por

01 de setembro de 2015

 

O Festival do Rio, que todos os anos exibe filmes inéditos, premiados, independentes e raros de todos os cantos do mundo, sempre dedicou uma atenção especial ao cinema nacional. Este ano, o Festival do Rio  tem o prazer de anunciar a presença de 41 longas e 19 curtas brasileiros em sua 17ª edição.

Na Première Brasil, uma das mostras mais esperadas e concorridas do Festival, serão exibidas produções de diretores estreantes e consagrados, com filmes dos mais variados enfoques e regiões do país. O público escolhe o melhor filme nas categorias ficção, documentário e curta, através do voto popular e um júri oficial elege as demais categorias (abaixo a lista completa)

Dentro da Première Brasil, a mostra competitiva Novos Rumos se consolida como um espaço aberto à diversas linguagens cinematográficas, com produções de cineastas estreantes e veteranos em sua seleção.

Por conta das comemorações dos 450 anos do Rio de Janeiro, serão exibidos seis filmes que tem a cidade como cenário ou tema na mostra Rio 450 anos.

Além da Première Brasil outros filmes brasileiros serão exibidos nas mostrasPanorama, Expectativa, Midnight Movies, Fronteiras, Itinerários Únicos e Tesouro, que vai exibir o clássico “Menino de Engenho”, de Walter Lima Jr em cópia restaurada.

Todos os filmes da Première Brasil terão sessões especiais no Cinépolis Lagoon, sessões populares no Odeon – Centro Cultural Luiz Severiano Ribeiro e debates com o público e diretores serão promovidos pelo Cine Encontro. (circuito completo será divulgado posteriormente)

O Festival do Rio é realizado com o patrocínio da Prefeitura do Rio de Janeiro – RioFilme, Petrobras e BNDES; copatrocínios da Globo Filmes e Oi; Ministério da Cultura (Lei Rouanet), Lei de Incentivo à Cultura do Estado do Rio de Janeiro (ICMS) e demais parceiros e apoiadores.

LONGAS MOSTRAS COMPETITIVAS

Ficção

1.    Aspirantes (Hopefuls), de Ives Rosenfeld, 75 min (RJ)

2.    A Floresta Que se Move (The Moving Forest), de Vinícius Coimbra, 99 min (RJ) WP

3.    Beatriz (Beatriz), de Alberto Graça, 99 min (RJ) WP

4.    Boi Neon (Bull Down), de Gabriel Mascaro, 101 min (PE)

5.    Califórnia (California), de Marina Person, 85 min (SP) WP

6.    Campo Grande (Campo Grande), de Sandra Kogut, 109 min (RJ) WP

7.    Introdução à Música do Sangue (Introduction to the Music of Blood), de Luiz Carlos Lacerda, 95 min, (RJ)

8.    Mate-me Por Favor (Kill Me Please), de Anita Rocha da Silveira, 101 min (RJ)

9.    Mundo Cão (In Dog’s Words), de Marcos Jorge, 100 min (SP) WP

10. Nise – Coração da Loucura (Nise – The Heart of Madness), de Roberto Berliner, 109 min (RJ) WP

11. Órfãos do Eldorado (Orphans of Eldorado), de Guilherme Coelho, 96 min (RJ)

12. Quase Memória (Oblivious Memory), de Ruy Guerra, 95 min (RJ) WP

13. Tudo que Aprendemos Juntos (The Violin Teacher), de Sérgio Machado, 100 min (SP)

 

Documentário

1.    Betinho – A Esperança Equilibrista (Betinho – Hope on the Line), de Victor Lopes, 90 min (RJ) WP

2.    Cordilheiras no Mar: A Fúria do Fogo Bárbaro (Ridges in the Sea: The Fury of the Wild Fire), de Geneton Moraes Neto, 98 min (RJ)

3.    Crônica da Demolição (Chronicle of the Demolition), de Eduardo Ades, 89 min (RJ) WP

4.    Futuro Junho (Future June), de Maria Augusta Ramos, 100 min (RJ) WP

5.    Marias (Marias), de Joana Mariani, 73 min (SP) WP

6.    Mario Wallace Simonsen, Entre a Memória e a História (Mario Wallace Simonsen, Between Memory and History), de Ricardo Pinto e Silva, 110 min (SP) WP

7.    Olmo e a Gaivota (Olmo and The Seagull), de Petra Costa e Lea Glob, 82 min (SP)

 

Novos Rumos

1.    A Morte de J.P. Cuenca (The Death of J.P.Cuenca), de João Paulo Cuenca, 90 min (RJ) WP

2.    A Seita (The Sect), de André Antônio, 70 min (PE) WP

3.    Beira-Mar (Seashore), de Filipe Matzembacher & Marcio Reolon, 83 min (RS)

4.    Clarisse ou alguma coisa sobre nós dois (Clarisse or something about us), de Petrus Cariry, 84 min (CE) WP

5.    Jonas (Jonah), de Lô Politi, 90 min (SP) WP

6.    Ralé (Ralé – The Lower Depths), de Helena Ignez, 73 min (SP) WP

 

MOSTRAS NÃO COMPETITIVAS

Hors Concours

Ficção

Através da Sombra (The other side of the Win), de Walter Lima Jr., 100 min (RJ) WPEm Três Atos, de Lúcia Murat, 76 min (RJ)

 

Documentário

1.    82 Minutos (82 Minutes), de Nelson Hoineff, 125 min (RJ) WP

2.    Andre Midani – do Vinil ao Download (A Brief History of Brazilian Music – Andre Midani, from Vinyl to Download), de Andrucha Waddington e Mini Kerti, 120 min (RJ)

 

Rio 450 Anos

1.     O Rio por Eles (Rio by Them), de Ernesto Rodrigues, 90 min (RJ) WP

2.     São Sebastião do Rio de Janeiro, a Formação de uma Cidade (São Sebastiao do Rio de Janeiro, Creating a City), de Juliana de Carvalho, 90 min (RJ) WP

3.     O Porto do Rio, de Pedro Évora, Luciana Bezerra, 85 min (SP) WP

 

Panorama

1.    No Retrovisor [título provisório] (Looking at the Rear View Mirror), de João Araujo, 101 min (RJ) WP

2.     Brasil vs Brasil (Brasil vs Brasil), de Marcos Prado, 52 min (RJ) WP

 

Expectativa

1.    Ninguém Ama Ninguém… Por Mais de Dois Anos (No One Loves Anyone… For More Than Two Years), de Clovis Mello, 87 min (SP) WP

2.     Zoom (Zoom), de Pedro Morelli, 97 min (SP)

3.     Quanto Tempo o Tempo Tem (How Much Time Time Has), de Adriana L. Dutra, 80 min (RJ)

 

Fronteiras

1.    Levante! (Uprising!), de Susanna Lira e Barney Lankester-owen, 52 min (RJ)

 

Midnight

1.   As Fábulas Negras (The Black Fables), de Rodrigo Aragão, Joel Caetano, Petter Baiestorf e José Mojica Marins, 93 min (ES)

 

Tesouro

1.       Menino de Engenho, de Walter Lima Jr, 110 min – 1965

 

CURTAS:

 

MOSTRAS COMPETITIVAS

1.    Até a China (Sheeliton), de Marão, 15 min (RJ) DOC

2.     Cumieira (The Top Floor), de Diego Benevides, 13 min (PB) DOC

3.    Fantasia de Papel (Photonovels), de Tetê Mattos, 15 min (RJ) DOC

4.    Guida (Guida), de Rosana Urbes, 12 min (SP) FIC

5.    Mar de Fogo (Sea of Fire), de Joel Pizzini, 8 min (RJ) DOC

6.    Marrocos (Morocco), de Andrea Nero e Iajima Silena, 8 min (SP) DOC

7.    Olho-Urubu (Urubu-Eye), de André Guerreiro Lopes, 13 min (SP) FIC

8.    Pele de Pássaro (Bird Skin), de Clara Peltier, 15 min (RJ) DOC

9.    Serra do Caxambu (Serra do Caxambu), de Marcio Brito Neto, 15 min (RJ) DOC

10. Som Guia (Sound Guide), de Felipe Rocha, 15 min (RJ) FIC

 

Novos Rumos

1.    Escape From My Eyes (Escape From My Eyes), de Felipe Bragança, 30 min (RJ) DOC

2.    Imóvel (Still), de Isaac Pipano, 20 min (RJ) FIC

3.    Outubro Acabou (October is Over), de Karen Akerman, Miguel Seabra Lopes, 24 min (RJ) FIC

4.    Tarântula (Tarantula), de Aly Muritiba, Marja Calafange, 20 min (PR) FIC

 

CURTAS EM MOSTRAS NÃO COMPETITIVAS

Rio 450 Anos – CURTAS

1.    A Pedra Que Samba (A Rock That Sambas), de Camila Agustini e Roman Lechapelier, 12 min (RJ) DOC

2.    Projeto Beirute (Beirut), de Anna Azevedo, 15 min (RJ) DOC

3.    Solte os Bichos de Uma Vez! (Heads Will Roll!), de Marcelo Goulart, 11 min (RJ) DOC

 

Itinerários Únicos

1.    Lygia Clark em Nova York (Lygia Clark in New York), de Daniela Thomas, 26 min (RJ) DOC

2.    Xampy (Xampy), de Paulo Menezes e Daniel Wiermant, 25 min (SP) DOC

*****

Première Brasil / Categorias

TROFÉU REDENTOR

A escolha dos premiados será realizada pelo Júri Oficial, composto por especialistas na arte cinematográfica (entre brasileiros e estrangeiros), convidados pela direção do Festival do Rio.

Mostra Competitiva:

1. Melhor Longa-Metragem de Ficção;

2. Melhor Longa-Metragem Documentário;

3. Melhor Curta-Metragem;

4. Melhor Direção de Ficção;

5. Melhor Direção de Documentário

6. Melhor Ator;

7. Melhor Atriz;

8. Melhor Atriz Coadjuvante;

9. Melhor Ator Coadjuvante;

10. Melhor Roteiro;

11. Melhor Montagem;

12. Melhor Fotografia;

13. Prêmio Especial do Júri;

14. Melhor Longa-Metragem de Ficção de Voto Popular;

15. Melhor Longa-Metragem Documentário de Voto Popular;

16. Melhor Curta-Metragem de Voto Popular.

 

Mostra Novos Rumos:

Os filmes selecionados para a Mostra Competitiva Novos Rumos concorrerão ao Troféu Redentor de:

1. Melhor Filme Longa-metragem

2. Melhor Filme Curta-metragem

3. Prêmio Especial do Júri

 

Festival do Rio 2015

De 1 a 14 de outubro