‘Snowden – Herói ou Traidor’ lota cinemas no Rio e arranca aplausos e protestos políticos

Inflamável como dramaturgia, filme de Oliver Stone desaponta na forma.

por

15 de novembro de 2016

Aplaudido copiosamente ao final de uma sessão lotada no Rio de Janeiro, o novo longa-metragem de Oliver Stone, “Snowden – Herói ou Traidor”, demarca, dentro da carreira de seu diretor, um movimento pós-moderno para olhar um mártir da contemporaneidade, Edward Snowden, competentemente interpretado por Joseph Gordon-Levitt. Inflamável como dramaturgia, “Snowden – Herói ou Traidor” deixa a desejar somente na forma, mas, de qualquer maneira, é um filme político que bate forte na veia.

Confira outros vídeos no canal oficial do Almanaque no YouTube:

https://www.youtube.com/user/almanaquista