Star Wars: A Ascenção Skywalker

Fim de Festa Star Wars

por

19 de dezembro de 2019

Fim de festa nas estrelas… Star Wars: A Ascenção Skywalker dirigido por J.J. Abrams é um filme para agradar os fãs, o que não necessariamente é um problema. Talvez o menos desafiador e ousado até agora, mas, como desfecho de três trilogias, vocês realmente esperavam que eles arriscassem?

Para os fãs da série, é o que faltava para preencher as principais lacunas (e deixar um milhão de pontas soltas menores que nem parecem se preocupar em preencher). Para frequentadores de cinema em geral, um blockbuster genérico com momentos pontuais emotivos (digo, Carrie Fisher, muito bem trabalhada com o pouco material que possuíam já filmado dela ainda em vida). Para fãs ou cinéfilos hardcore, um amálgama de tudo que toda a saga já teve, sem nada novo nem proposta de linguagem que unisse tudo numa coerência própria. Apenas uma colagem mesmo.

Emociona? Sim, até chega a emocionar. Cumpre o papel de encerrar a saga (por enquanto?!)? Sim, cumpre. Mas depois do exemplar anterior que ousava (e muito) e apresentava uma estética das mais belas e inovadoras de toda a saga (apesar de ter dividido os fãs e eu particularmente amar), eles só podiam dar mil passos pra trás e apostar em algo seguro para não alienar de vez aqueles que discordaram do anterior.

Screenshot_20191219-105323_Google