Vencedores do Goya 2018

La Libreria é o vencedor dos principais prêmios da noite, mas "Handia" leva 10 das 13 indicações, apesar de perder os principais prêmios para La Libreria

por

04 de fevereiro de 2018

Vencedores do Goya 2018 – “Oscar” Espanhol foi entregue na noite deste sábado dia 03 de fevereiro. La Libreria é o vencedor dos principais prêmios da noite, mas “Handia” leva 10 das 13 indicações, apesar de perder os principais prêmios para La Libreria. The Square ganhou melhor filme europeu, e Uma Mulher Fantástica ganhou melhor filme íbero-americano1198761 DI6B8nwXcAAM-cE

MELHOR FILME

MELHOR DIREÇÃO

MELHOR ATOR

MELHOR ATRIZ

MELHOR ATOR COADJUVANTE

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE

MELHOR ATOR REVELAÇÃO

  • Eneko Sagardoy, por Handia – VENCEDOR
  • Pol Monen, por Amar
  • Eloi Costa, por Pieles
  • Santiago Alverú, por Selfi

MELHOR ATRIZ REVELAÇÃO

MELHOR ESTREIA NA DIREÇÃO

MELHOR ROTEIRO ORIGINAL

  • Aitor Arregui y Andoni de Caños, Jon Garaño y José Mari Goenaga por Handia – VENCEDOR
  • Pablo Berger, por Abracadabra
  • Carla Simón, por Verano 1993
  • Fernando Navarro y Paco Plaza, por Verónica

MELHOR ROTEIRO ADAPTADO

MELHOR CANÇÃO ORIGINAL

  • La Llamada de Leiva, en La llamada – VENCEDOR
  • Algunas veces de José Luis Perales, en El autor
  • Feeling lonely on the Sunday Afternoon de Alfonso de Vilallonga, en La librería
  • Rap zona hostil de Fenyx y Roque Baños, en Zona hostil

MELHOR TRILHA ORIGINAL

MELHOR DESENHO DE FIGURINO

MELHOR MONTAGEM

MELHOR CURTA-METRAGEM DE ANIMAÇÃO

MELHOR CURTA-METRAGEM DOCUMENTAL

MELHOR CURTA-METRAGEM DE FICÇÃO

MELHOR SOM

  • Aitor Berenguer, Gabriel Gutiérrez, Nicolas de Poulpiquet, por Verónica – VENCEDOR
  • Daniel de Zayas, Pelayo Gutiérrez y Alberto Ovejero, por El autor
  • Sergio Bürmann, David Rodríguez y Nicolas de Poulpiquet, por El bar
  • Iñaki Díez y Xanti Salvador, por Handia

MELHOR DESENHO DE PRODUÇÃO

MELHOR DIREÇÃO DE FOTOGRAFIA

MELHOR DIREÇÃO ARTÍSTICA

MELHOR MAQUIAGEM E CABELO

  • Ainhoa Eskisabel, Olga Cruz y Gorka Aguirre, por Handia – VENCEDOR
  • Sylvie Imbert y Paco Rodríguez Frías, por Abracadabra
  • Eli Adánez, Sergio Pérez Berbel y Pedro de Diego, por Oro
  • Lola Gómez, Jesús Gil y Óscar del Monte, por Pieles

MELHORES EFEITOS ESPECIAIS

  • Jon Serrano y David Heras, por Handia — VENCEDOR
  • Reyes Abades e Isidro Jiménez, por Oro
  • Raúl Romanillos y David Heras, por Verónica
  • Reyes Abades y Curro Muñoz, por Zona hostil

MELHOR FILME ÍBERO-AMERICANO

MELHOR FILME EM LÍNGUA ESTRANGEIRA

MELHOR LONGA DE ANIMAÇÃO

MELHOR LONGA DOCUMENTAL