Vencedores do SAG 2019

Screen Actor's Guild Awards, ou o sindicato dos artistas americanos, entrega seus prêmios em noite com algumas surpresas

por

28 de janeiro de 2019

Na noite de domingo do dia 27 de janeiro de 2019 foram entregues os prêmios da 25° cerimônia do SAG – Screen Actor’s Guild Awards, o prêmio do sindicato de artistas, e a grande revelação da noite foi o prêmio de melhor elenco para o filme “Pantera Negra: de Ryan Coogler — estatueta que foi entregue ao ator Chadwick Boseman como representante, que agradeceu com as seguintes palavras emocionantes:

“Nós sabemos como é ser jovem negro e talentoso e ouvir que não há tela ou palco para você. E nós trabalhamos com isso todos os dias. Não para estar aqui na premiação, mas para trazer algo melhor pro mundo, representar algo pro mundo que queremos ver!”

FB_IMG_1548647047213

Outras surpresas foram igualmente para filmes que fizeram grandes bilheterias, talvez sinalizando novos tempos para o mercado que havia enfrentado um período de vacas magras. Tanto Emily Blunt ganhou o prêmio de melhor atriz coadjuvante por “Um Lugar Silencioso” de John Krasinski (mas levando em consideração o fato de a outra favorita não ter sido indicada porque o filme “E Se A Rua Beale Falasse” de Barry Jenkins ter ficado de fora do SAG); como Rami Malek ganhou melhor ator por “Bohemian Rhapsody” de Bryan Singer, desbancando o favorito Christian Bale por “Vice”.

Confira a lista completa de vencedores ao SAG Awards 2019:

FILME:

Melhor Elenco

Nasce Um Estrela

Pantera Negra

Infiltrado na Klan

Bohemian Rhapsody

Podres de Rico

Melhor Ator

Christian Bale, Vice

Bradley Cooper, Nasce Uma Estrela

Rami Malek, Bohemian Rhapsody

Viggo Mortensen, Green Book – O Guia

John David Washington, Infiltrado na Klan

Melhor Atriz

Emily Blunt, O Retorno de Mary Poppins

Glenn Close, A Esposa

Olivia Colman, A Favorita

Lady Gaga, Nasce Uma Estrela

Melissa McCarthy, Poderia Me Perdoar?

Melhor Ator Coadjuvante

Mahershala Ali, Green Book – O Guia

Timothée Chalamet, Beautiful Boy

Adam Driver, Infiltrado na Klan

Sam Elliott, Nasce Uma Estrela

Richard E. Grant, Poderia Me Perdoar?

Melhor Atriz Coadjuvante

Amy Adams, Vice

Emily Blunt, Um Lugar Silencioso

Margot Robbie, Maria da Escócia

Emma Stone, A Favorita

Rachel Weisz, A Favorita

Melhor Performance de Dublês

Homem-Formiga e a Vespa

Vingadore: Guerra Infinita

The Ballad of Buster Scruggs

Pantera Negra

Missão: Impossível – Efeito Fallout

TELEVISÃO

Melhor Elenco em Série Dramática

The Americans

Better Call Saul

The Handmaid’s Tale

Ozark

This Is Us

Melhor Elenco em Série de Comédia

Atlanta

Barry

GLOW

The Kominsky Method

The Marvelous Mrs. Maisel

Melhor Ator em Série Dramática

Jason Bateman, Ozark

Sterling K. Brown, This Is Us

Joseph Fiennes, The Handmaid’s Tale

John Krasinski, Tom Clancy’s Jack Ryan

Bob Odenkirk, Better Call Saul

Melhor Atriz em Série Dramática

Julia Garner, Ozark

Laura Linney, Ozark

Elisabeth Moss, The Handmaid’s Tale

Sandra Oh, Killing Eve

Robin Wright, House of Cards

Melhor Ator em Série de Comédia

Alan Arkin, The Kominsky Method

Michael Douglas, The Kominsky Method

Bill Hader, Barry

Tony Shalhoub, The Marvelous Mrs. Maisel

Henry Winkler, Barry

Melhor Atriz em Série de Comédia

Alex Borstein, The Marvelous Mrs. Maisel

Allison Brie, GLOW

Rachel Brosnhahan, The Marvelous Mrs. Maisel

Jane Fonda, Grace and Frankie

Lily Tomlin, Grace and Frankie

Melhor Ator em Filme para TV ou Minissérie

Antonio Banderas, Genius: Picasso

Darren Criss, The Assassination of Gianni Versace: American Crime Story

Hugh Grant, A Very English Scandal

Anthony Hopkins, King Lear

Bill Pullman, The Sinner

Melhor Atriz em Filme para TV ou Minissérie

Amy Adams, Sharp Objects

Patricia Arquette, Escape at Dannemora

Patricia Clarkson, Sharp Objects

Penélope Cruz, The Assassination of Gianni Versace: American Crime Story

Emma Stone, Maniac

Melhor Performance de Dublês em Séries Dramáticas e de Comédias

GLOW

Marvel’s Daredevil

Tom Clancy’s Jack Ryan

The Walking Dead

Westworld

 

 

  • Vanessa Floripes

    Precisa colocar a Glenn Close em negrito