VIII Pequeno Grande Encontro de Teatro para Crianças de Todas as Idades

Espaço para mostrar, refletir e repensar o teatro para crianças

por

07 de abril de 2017

El mundo de dondo

A Cia. do Abração promove entre os dias 25 de abril a 1° de maio o VIII Pequeno Grande Encontro de Teatro Para Crianças de Todas as Idades, patrocinado pela Fundação Cultural de Curitiba e Ministério da Cultura, através da Lei Municipal de Incentivo à Cultura, e da empresa BANCO DO BRASIL, com a parceria do Teatro Guaíra e da ATINJ/PR – (Associação de Teatro para Infância e Juventude do Estado do Paraná). O evento é uma oportunidade de compartilhar a produção teatral de companhias curitibanas, paranaenses, gaúchas, paraguaias e argentinas, direcionada ao público de todas as idades.

As apresentações acontecerão nos Auditórios SALVADOR DE FERRANTE e GLAUCO FLORES DE SÁ BRITO – GUAIRINHA e MINI GUAIRA, entre os dias 25 a 30 de abril de 2017, e contará com 20 apresentações, de 10 espetáculos de várias companhias, entre elas: Companhia do Abração (Curitiba); Companhia Céu Vermelho (Curitiba); Tato Criação Cênica (Curitiba); Cia. Merengue (Curitiba); Cia. Rindo à Toa (Passo Fundo/RS), Cia. Circo Teatro Sem Lona (Maringá/PR), Cia. Julia Sigliano (Argentina) e Cia. Paye Ryru (Paraguai).

A solenidade de abertura do evento será no dia 25 de abril, às 20 horas, no Auditório Salvador de Ferrante (Guairinha) e contará com apresentação gratuita e aberta ao público do espetáculo Estórias Brincantes de Muitas Mainhas, da Cia do Abração e a importante presença da atriz, dramaturga e diretora Olga Romero, que será homenageada, recebendo o troféu Olga Romero de teatro para crianças.

A diretora da Cia. do Abração, Letícia Guimarães, comenta que o evento pretende voltar atenções ao teatro feito para crianças. “É uma oportunidade de propor a criação de um novo espaço, onde se possa mostrar, refletir e repensar esta linguagem, mantendo uma pesquisa contínua sobre este ramo do fazer teatral; disseminando novos pensadores, fazedores e pesquisadores sobre o teatro direcionado à criança, bem como para renovar e fortalecer a formação de plateia deste segmento”.

O evento proporciona ao público de escolas públicas o acesso gratuito às apresentações. Neste aspecto, o teatro surge como fator de integração social, possibilitando às crianças, que muitas vezes nunca assistiram uma peça de teatro, um outro olhar ou até uma possibilidade de ver e rever a própria infância com mais sensibilidade.

Dentre a programação prevista, a mostra de espetáculos terá 100% de ingressos gratuitos, revertendo à população produtos culturais de qualidade.

Esta OITAVA EDIÇÃO tem o patrocínio do BANCO DO BRASIL, através da Lei Municipal de Incentivo à Cultura e o apoio do TEATRO GUAIRA.

Pensar a Arte

O Pequeno Grande Encontro de Teatro Para Crianças de Todas as Idades – Espaço para Mostrar, Refletir e Repensar o Teatro para Crianças, agora na proposta ampliada de sua. OITAVA EDIÇÃO tem a finalidade de promover a qualidade artística desenvolvida pelos grupos teatrais que se dedicam ao fazer teatral dirigido a crianças de todas as idades, através de apresentações teatrais, palestras e mesa-redonda, proporcionando intercâmbio das pesquisas em novas dramaturgias dirigidas a este público.

O evento marca a participação da ATINJ PARANÁ – Associação de Teatro para Infância e Juventude do Paraná e traz como público alvo crianças, artistas, arte-educadores, estudantes de teatro e pedagogos, que juntos refletirão sobre a necessidade de se pensar e produzir um teatro de qualidade para um público tão especial.

A mesa-redonda do VIII Pequeno Grande Encontro de Teatro Para Crianças de Todas as Idades acontecerão sob a mediação do jornalista Ricardo Schöpke (Rio de Janeiro) e da Diretora da Cia. Do Abração Letícia Guimarães, além de contar com a palestra sobre o Teatro para Criança, ministrada por Fátima Ortiz. Estas ações acontecerão na Cia. do Abração, no dia 01 de maio, segunda-feira, com entrada franca.

APRESENTAÇÕES

DATA: De 25 a 30/04/2017– de terça a domingo.
HORÁRIOS: De Terça a Sexta:- APRESENTAÇÕES DIRIGIDAS A ESCOLAS

Sábado e domingo: às 16h – Apresentações abertas ao público LOCAL: Guairinha – Rua XV de Novembro, no 971 – Centro

Mini Guaira – Rua Amintas de Barros, S/N – Centro
Curitiba – PR, 80510-030 Fone: (041) 3304-7900 / 3304-7999

MESA REDONDA

DATAS: 01/05, com as Companhias participantes do Festival – Mediação: Ricardo Schöpke (RJ). HORÁRIOS: das 09h às 12h
LOCAL: Sala Raul Cruz – Cia do Abração
Rua Paulo Ildefonso Assumpção, 725 – Jardim Social

Curitiba – PR – Fone: (041) 3362-9595 ENTRADA: FRANCA

BATE-PAPO

DATAS: 01/05, com Ricardo Schöpke, Letícia Guimarães, Fátima Ortiz e companhias teatrais convidadas.
HORÁRIOS: das 13h30 às 15h
LOCAL: Sala Raul Cruz – Cia do Abração

Rua Paulo Ildefonso Assumpção, 725 – Jardim Social Curitiba – PR – Fone: (041) 3362-9595
ENTRADA: FRANCA

COMPANHIAS PARTICIPANTES

COMPANHIA DO ABRAÇÃO – CURITIBA: A Cia do Abração é um espaço de arte e cultura, fundado em 2001, por Letícia Guimarães, e tem como proposta principal a pesquisa e produção teatral para todas as idades, embasados em dramaturgia própria e difundidas como espetáculos de repertório. Sua proposta estética está alicerçada na fusão de linguagens artísticas elaborada em investigações advindas de processos colaborativos. Além da dança e das artes visuais, trabalha e investiga as técnicas de manipulação de objetos, mímica, produção sonora e conhecimentos da antropologia.

CÉU VERMELHO – CURITIBA: A Céu Vermelho é uma Produtora de Artes que surgiu em 2007 da necessidade de pesquisar universos visuais aparentemente irreconciliáveis: seu objetivo principal é a montagem de espetáculos cênicos que permitam uma aproximação estética com a linguagem cinematográfica. Seja no uso de luz, na concepção sonora, nos temas abordados ou na pesquisa cênica, o que se busca é a investigação de novas possibilidades, a cumplicidade de universos bastantes distintos, permeando o desvendamento de novos olhares.

TATO CRIAÇÃO CÊNICA – CURITIBA: Fundada em 2004, a Tato Criação Cênica já se apresentou em 10 países e todos os estados brasileiros. Seu espetáculo de estreia, Tropeço (2004), já beira a casa das 1000 apresentações e foi premiado em vários festivais. Ganhou, entre outros, o Prêmio Gralha Azul de Melhor Espetáculo concedido pelo Centro Cultural do Teatro Guaíra do Estado do Paraná e prêmio do Júri especializado no Festival Internacional de Teatro de Bonecos de Belo Horizonte. A Tato desenvolve seu trabalho de pesquisa cênica tendo como fio condutor uma dramaturgia essencialmente corporal, buscando, com a integração das linguagens do teatro, da consciência corporal, da mímica e do teatro de animação, comunicar e emocionar através do simples. Além de Tropeço e E Se… (2008), realizado pelo prêmio Miriam Muniz da Funarte (2007), e também premiado como melhor pesquisa no teatro de animação no Festival de Campo Mourão, a cia. Tato estreou em 2014 o espetáculo Entre Janelas, sua obra mais recente e já premiada com menção honrosa no FENATA em Ponta Grossa-PR.

CIA. MERENGUE – CURITIBA: A Cia. é formada pela atriz, dramaturga, diretora e arte educadora Olga Romero. Desde 1989 a Cia. dedica-se ao teatro para crianças, encenando diversos espetáculos e já percorreu países da América Latina e Europa, entre eles Polônia, Itália e França. Desenvolve seu trabalho baseado principalmente no teatro de bonecos e no teatro de animação, em sua maioria, assinando dramaturgia própria.

CIA. RINDO À TOA – PASSO FUNDO/RS: Nascido em Passo Fundo/RS tem a trajetória de trabalho dos integrantes Elisandra Assunção e Marcio Meneghell, atuando há mais de 20 anos juntos, tendo participado de vários festivais e oficinas, bem como da montagem de diversos espetáculos, pois suas carreiras estão ligadas à Cia de Espetáculos da Universidade de Passo e Cia. da Cidade – Grupo de Teatro. A partir de 2010 Fundaram o Núcleo Rindo à Toa, possuindo em seu repertório espetáculos teatrais, teatro empresa, intervenções, stand up comedy para eventos, performances circenses, oficinas de teatro e circo, e outros projetos ligados à produção de artes cênicas.

CIA. CIRCO TEATRO SEM LONA – MARINGÁ/PR: Circo Teatro Sem Lona existe desde 1996, quando foi criada depois de várias oficinas circenses de acrobacia, malabares, trapézio, mágicas e estudos sobre a figura do palhaço na Oficina de Teatro UEM, então sentiram a necessidade de produzir um espetáculo utilizando as técnicas e habilidades aprendidas. Assim, sendo por iniciativa de Ochôa, encaminharam um projeto de Lei Municipal de Incentivo à Cultura para uma pesquisa de investigação teatral e circense, que depois de três anos de estudos, laboratórios e práticas, resultou em um espetáculo de circo teatro que chamaram de “O Amor de Peri e Ceci”, inspirado na obra de José de Alencar, “O Guarani”, resultando numa encenação irreverente, dinâmica, satírica e musical, apoiada na linguagem simples e popular, como meio de atingir o publico eclético.

CIA. JULIA SIGLIANO – ARGENTINA – Realizou seus estudos no Conservatório Nacional de Artes Dramática (E.N.A.D) e na Oficina Escola de marionetas “Ariel Bufano” Teatro San Martin. Continuou a formação com os professores, como Neville Tranter, Ana Alvarado, Philippe Genty. Em 2005, inicia a Companhia com o espetáculo “VOX ALICIA” investigando as possibilidades espaciais e linguagens ecléticas possíveis para títeres e teatro de imagens. De 2011 a 2014 incorpora-se à Cia Philippe Genty, França no espetáculo “immobiles Voyageur”. Começou a traçar seu caminho há 8 anos com espetáculos solos para adultos e famílias, contando suas próprias histórias e pesquisando maneiras, estéticas e técnicas. Com formatos adaptáveis a todos os espaços e experiências possíveis, a Cia. já viajou para países como Argentina, México, Guatemala, Belize, República Dominicana, Colômbia e Espanha.

CIA. TEATRO DE OBJETOS PAYE RYRU (CAIXA MÁGICA) – PARAGUAI: Foi fundada por Nelson Arce e Chacho Lopez Greeno, em abril de 2014. Trabalha na fusão da música e manipulação de objetos sem palavras, para representar em qualquer país, com a linguagem universal.

RESUMO DOS ESPETÁCULOS DO FESTIVAL

ESTÓRIAS BRINCANTES DE MUITAS MAINHAS – DIA 25/04, às 10h, 14h e 20h

Cia. Do Abração – Curitiba/ PR

Sinopse – Três divertidos e ingênuos velhinhos ucranianos são os contadores dessa estória e se confundem, brincam e se emocionam com a pureza própria de uma criança. Movidos pelos sentimentos de saudades e lembranças, começam a falar sobre suas próprias mães e sobre as diferentes mães que conhecem. Neste clima de brincadeira e Faz-de-Conta, fazem abstrações, imaginando que todas as coisas, objetos do cotidiano e elementos da natureza, também têm mães. Toda a pesquisa estética do espetáculo possui inspiração na cultura Leste Europeia, ressaltando a polonesa e a ucraniana, que influenciam fortemente a formação cultural do sulista, devido ao processo de colonização europeia na região paranaense.

Ficha técnica

Direção: Letícia Guimarães
Dramaturgia: Criação coletiva sob a supervisão de Letícia Guimarães Cenografia e Figurino: Simone Pontes
Iluminação: Blas Torres
Sonoplastia: Cia. Do Abração
Elenco: Edgard Assumpção, Ana Sercunvius e Blas Torres
Duração: 50min
Classificação – Livre

ENTRE JANELAS – DIA 25/04/17, terça-feira às 09h e 15:00h – MINIAUDITÓRIO

TATO Criação Cênica, Curitiba/PR

Sinopse Inspirado no livro Uma Janela Entre dois Amigos do mineiro Gustavo Gaivota, o espetáculo conta a história de um menino e seu melhor amigo: um cachorro chamado Pitu! Uma amizade feita de brincadeiras no quintal e muito corre-corre. Um dia o menino ganha um presente incrível: um computador. Na janela do notebook ele abre várias outras janelas e pode ir a qualquer lugar sem sair de seu quarto. Do lado de fora, Pitu espera por um momento de brincadeira, mas seu companheiro agora não tem mais tempo para ele, está muito impressionado com seu novo amigo tecnológico. O menino terá então que descobrir uma forma de reconectar a seu velho amigo.

Ficha técnica

Direção: Dico Ferreira
Projeto Original: Eduardo Santos
Colaboração: Katiane Negrão
Adaptação: Eduardo Santos e Dico Ferreira
Concepção cênica: Tato Criação Cênica
Atores / bonequeiros: Eduardo Santos e Carolina Maia Confecção dos bonecos e objetos de cena: Eduardo Santos Figurinos: Luciana Falcon
Trilha sonora: Marcelo Oliveira
Cenotécnica: Tim Santos
Produção: Tato Criação Cênica
Duração: 40min
Classificação – Livre

UM MUNDO DEBAIXO DO MEU CHAPÉU – DIA: 26/04/17, quarta feira às 10h, às 14:30h e 15:30h – GUAIRINHA

Céu Vermelho – Curitiba/ PR

Sinopse – No espetáculo, três contra-regras sonhadores brincam com a imagem de Carlitos abordando temas como a generosidade e a responsabilidade social. Apresentar esse ícone para crianças de hoje é como abrir portas para um novo jeito de caminhar, um jeito meio desengonçado, ingênuo, verdadeiro e cheio de esperança, combatendo o que não nos faz bem com o que mais simples existe: sendo humano.

Ficha técnica

Direção: Letícia Guimarães
Dramaturgia: Criação coletiva sob a supervisão de Letícia Guimarães Cenografia e figurinos: Simone Pontes
Iluminação: Blás Torres e Edgard Assumpção
Sonoplastia, composição e direção musical: O grupo
Elenco: Blás Torres, Edgard Assumpção e Kamila Ferrazzi.
Duração: 50min
Classificação – Livre

O GIGANTE EGOÍSTA – DIA: 26/04/17, quarta feira às 09h e às 14h – MINIAUDITÓRIO

Cia. RINDO À TOA – Passo Fundo/RS

Sinopse – O GIGANTE EGOÍSTA – Uma lição de vida, de fraternidade, de amor à natureza e às crianças! É um dos contos mais singelos e emocionantes de Oscar Wilde, que conta a história de um gigante dono de um jardim belíssimo e que, egoísta, impede as crianças de brincarem nele, fala sobre a necessidade de dividirmos nossa felicidade com os outros. Em outras palavras, ensina que o amor é uma resposta, ou seja, para ser amado – criança ou adulto – deve-se aprender a amar. Ensina as crianças para uma belíssima história de amor e humanidade. Apesar de ser uma fábula para crianças que com ela aprende as mais belas lições para a vida, encanta os adultos com sensibilidade e inteligência.

Ficha técnica

Conto de: Oscar Wilde
Direção e adaptação de Texto: Edson Bueno Atuação:
Marcio Meneghell e Elisandra Assunção Figurinos:
Áldice Lopes
Criação de Cenário: Edson Bueno
Execução de Cenário de Michelle Rodrigues e Diego Perin
Direção Musical: Tarso Olivier Heckler
Execução de Músicas e trilhas sonoras na Gravação: Samuel Quadros Iluminação: Edegar Júnior
Produção Geral: Elisandra Assunção
Duração: 45min
Classificação – Livre

SONHO DE UMA NOITE DE VERÃO – DIA: 27/04/17, QUINTA FEIRA às 10h e às 15h –

GUAIRINHA

Cia. do Abração – Curitiba/PR
Sinopse – Quatro velhinhos, contadores de estórias, que neste momento se encontram a serviço do Sr. Milkshakespeare, utilizam-se de objetos para contar a estória dos encontros e desencontros de dois casais. Desta forma, brincando de faz-de-conta com simples objetos do cotidiano, captando o mundo da criança que naturalmente os utiliza para criar o seu próprio imaginário, nossos contadores pretendem reavivar nos adultos a maneira de ver o mundo com os olhos da criança.
Assim, os personagens da estória original do dramaturgo inglês são representados por objetos do cotidiano.

Ficha técnica

Direção: Maurício Vogue e Letícia Guimarães
Dramaturgia: Criação coletiva sob a supervisão de Maurício Vogue e Letícia Guimarães Cenografia e Figurinos: Eduardo Giacomini
Iluminação: Blas Torres e Edgard Assumpção
Sonoplastia: César Sarti
Elenco: Blas Torres, Juliana Cordeiro, Edgard Assumpção e Kamila Ferrazzi
Duração: 50min
Classificação – Livre

EL GRAND VIAJE – DIA: 27/04/17, quinta feira, às 09h e às 14h – MINIAUDITÓRIO

Cia PAYE RYRU , do Paraguai

Sinopse – É uma obra de teatro de objetos / bonecos / cujo propósito é descrever o ciclo da água, que começa no mar e passa por vários estados e as suas consequências inerentes: a evaporação, formação de nuvens, condensação, chuva e gelo em picos elevados.
A ação acontece sem palavras, com efeitos sonoros e efeitos visuais.

Ficha técnica

Idealização, Dramaturgia, direção e pesquisa musical: Paye Ryru Cenografia: Irene Altemburger e Néstor Pereira
Elenco: Nelson Arce e Chacho López Grenno
Figurinos: Anna Melchiorri

Confecção dos títeres: Chacho López Grenno Efeitos Sonoros: Joseca Báez
Iluminação: Erik Hansen e El Mago Hansen Produção e realização: Paye Ryru

Duração: 30min

Classificação – Livre

O MÁGICO DE OSS – DIA: 28/04/17, SEXTA FEIRA às 10h e às 15h – GUAIRINHA

Céu Vermelho

Sinopse – O grupo propõe a releitura de “O Mágico de Oz”, para ressaltar temas como a construção da identidade e o caminho a se trilhar em busca da sabedoria e de reconhecimento das ações para a valorização de virtudes humanas.
Na nossa história, a protagonista, Doroti, uma menina egoísta e dominadora, briga com seus amigos e se sente incompreendida por seus avós. Em um ataque de fúria, a menina egoísta que acredita que a vida que leva é sem graça e sem cores, se vê abduzida por um furacão que a transporta para um lugar mágico e colorido. Na jornada psicodélica de Doroti, ela encontra um espantalho sem cérebro, um homem de lata sem coração e um tigre covarde. Todos se unem para encontrar o único que poderá dar-lhes o que cada um necessita: o poderoso Mágico de OSS, o único capaz de dar um cérebro, um coração, coragem e o caminho de volta para casa. Porém, em nossa história, toda esta viagem, todos estes encontros, tudo foi apenas projeção do subconsciente de Doroti que, com a viagem, transcendeu suas fraquezas e conquistou virtudes. O ambiente cênico propõe alusões à cultura oriental, conferindo uma atmosfera mística ao mesmo tempo em que um grande quebra cabeças tridimensional, calcado em cores primárias, de uma forma brincante, vai construindo os espaços do subconsciente da personagem central Doroti.

Ficha técnica

Direção: Letícia Guimarães
Dramaturgia: Criação coletiva sob a supervisão de Letícia Guimarães Cenografia:Blas Torres
Figurinos: Ailime
Iluminação: Blas Torres e Edgard Assumpção
Sonoplastia, composição e direção musical: Alysson Siqueira
Elenco: Kamila Ferrazzi, Juliana Cordeiro, Edgard Assumpção e Ana Sercunvius. Duração: 50min
Classificação – Livre

AS AVENTURAS DO LOBO MAU – DIA: 28/04/17, SEXTA FEIRA às 09h e às 14h MINIAUDITÓRIO

Cia Circo Teatro Sem Lona – Maringá/PR

Sinopse – O Espetáculo é uma criação de Pedro Ochôa que também assina a Direção a partir das histórias dos Irmãos Grimm. Apresentamos dois contos adaptados da literatura clássica infantil “Chapeuzinho Vermelho e Os Três Porquinhos”. A concepção deixa explicito que os personagens são representados pelos palhaços que utilizam-se de cags e tiradas circenses durante a encenação. Desta forma a peça é encaminhada para uma comédia irreverente que busca a cumplicidade da criança por meio de estripulias teatrais com a linguagem circense e a empatia com o vilão cômico, Lobo Mau, que se dá mau em suas peripécias e aventuras.

Ficha técnica

Direção e texto: Pedro Ochôa.
Atores: Bruna Carvalho, Daniele Pasquini, Pedro Henrique Daniel e Pedro Ochoa Iluminaçao e técnica: Rafael Ochôa
Música: Pedro Ochôa.
Cenário: Pedro Ochôa
Duração: 50min
Classificação – Livre

EL MUNDO DE DONDO – DIA: 29/04/20175, sábado às 16h – Guairinha

Cia. Julia Sigliano – Argentina

Sinopse – O trabalho é um passeio profundo, sensível e honesto das perguntas que as crianças fizeram sobre o que significa nascer e crescer. Dondo é o protagonista, que se apresenta desde a gravidez e do nascimento até os primeiros anos de sua vida. Compartilhamos com ele os desafios de crescer e aprender.
O cenário gira como um cubo mágico e se transforma em diferentes espaços: barriga da mãe, o quarto do bebê, sonhos.
Através de vários recursos artísticos, o público será surpreendido por este espetáculo de títeres de mesa, de vara, teatro, máscara e desenhos ao vivo.
Uma de suas principais características é a interação do personagem com o público. Crianças e adultos se divertem.

Ficha técnica

Criação e atuação: Julia Sigliano Direção: Julia Sigliano e Manuel Mansilla Música original: Santiago Llorente Figurino: Soledad Parrado
Títeres e cenografía: Julia Sigliano Produção Executiva: Clara Miravalle Duração: 60min
Classificação – Livre

MARIA DE TODAS AS CORES – DIA: 30/04/2017, domingo às 16h – Guairinha

Cia. Merengue – Curitiba/PR

Sinopse – Maria é uma menina que se encontra numa vida em preto e branco, depois de perder a bolsa que carregava todas as cores do mundo. Ela só vai recuperar as cores quando reencontrar sua maleta. Para isto, uma jornada de pistas e aventuras a conduzem em um lindo espetáculo de ator e títeres.

Ficha técnica

Texto, Direção e atuação: Olga Romero Duração: 40min
Classificação – Livre

HOMENAGEADA

Olga Romero – Argentina de nascimento, brasileira de coração e filha da cidade de Curitiba, Olga é diretora, atriz, bonequeira, arte-educadora, figurinista e escritora. Estudou e trabalhou na Argentina, Polônia, Itália e França, entre outros países, cidades e Estados brasileiros. Uma das principais figuras do teatro para crianças no Brasil é também a fundadora da Cia. Merengue.

MESA – REDONDA:

Será realizado um encontro de discussão entre as Companhias participantes, com foco no fazer teatral dirigido à criança. Este encontro acontecerá na segunda-feira, dia 1 de maio, das 9h às 12h, na Sala Raul Cruz, da Cia. do Abração, gratuitamente aberto ao público e terá a mediação e participação dos seguintes convidados e palestrantes:

Ricardo Schöpke: Atuou como crítico de teatro infantil e juvenil no Jornal do Brasil, enviado especial na cobertura dos mais importantes festivais de teatro do país, como o Festival de Curitiba, MITA, FITO, MITI, Festival Internacional de Teatro de São Paulo, entre outros. Atualmente é crítico especializado e curador de festivais de teatro.

Fátima Ortiz: Arte-educadora formada pela UFPR, especialista em educação pela Universidade Tuiuti. atriz, dramaturga e diretora teatral curitibana. É vice-presidente e fundadora da ATINJ/PR – Associação de Teatro para Infância e Juventude do Paraná. Fundadora da Cia. Pé no Palco.

CONTATO:

CIA. DO ABRAÇÃO
3362-9595 – 3362-9438
Rua Paulo Ildefonso Assumpção, 725 abracao@ciadoabracao.com.br

www.ciadoabracao.com.br