Vozes da Floresta e Luciérnagas

Filmes de Betse de Paula e Bani Khoshnoudi, respectivamente, foram os longas da quarta noite da competição íbero-americana no 29º Cine Ceará

por

03 de setembro de 2019

29º Cine Ceará: Resumo da quarta noite competitiva íbero-americana com mais dois longas: “Vozes da Floresta” de Betse de Paula e “Luciérnagas”, da diretora iraniana radicada no México Bani Khoshnoudi. “Vozes da Floresta”, de Betse de Paula, fez sua première mundial no festival e fala sobre lideranças femininas que estão à frente na luta pela preservação do meio ambiente e dos direitos das mulheres, com a participação de ativistas indígenas e quilombolas, como as presentes Nice Machado, Dorinete (Neta) Morais e Rosenilde (Rosa) Costa.

O segundo filme da noite foi a coprodução México-Grécia-República Dominicana “Luciérnagas”, de Bani Khoshnoudi. A ficção estreou mundialmente no Festival de Roterdã e conta a história de Ramin (Arash Marandi), um jovem gay iraniano que foge da perseguição de seu país e se muda para o México. Lá sua vida muda completamente e vivencia novas experiências, hábitos e novas amizades, como a interpretada pela grande atriz mexicana Edwarda Gurrola.

thumbnail (1)