Mostra Internacional de Cinema de São Paulo 2016: “São Jorge”, um “Rocky Balboa” lusitano, é um dos achados.

Longa é um trabalho de direção precioso de Marco Martins, que também assina o roteiro, ao lado de Ricardo Adolfo.

por

22 de outubro de 2016

Neste sábado, dia 22, a 40a edição da Mostra Internacional de Cinema de São Paulo brindou o público com sua primeira surpresa: “São Jorge”, produção estrelada por Nuno Lopes e Mariana Nunes. Num trabalho de direção precioso, Marco Martins, que também assina o roteiro, ao lado de Ricardo Adolfo, leva para as telas um filme de boxe que parece uma espécie de “Rocky Balboa” lusitano, deprimido, carregado, saturado de cor, com uma ponte direta com o cinema documental, que remete a um clássico português, “Belarmino”.

Confira outros vídeos no canal oficial do Almanaque no You Tube:

https://www.youtube.com/user/almanaquista