V Cine Jardim 2019: Debate dos filmes da terceira noite competitiva

Mediação pelo almanaquista Filippo Pitanga

por

25 de maio de 2019

No debate sobre a terceira noite competitiva do V Cine Jardim – Festival de Cinema de Belo Jardim / Pernambuco, tivemos filmes abordando as dificuldades na área de direitos trabalhistas. A noite contou com um longa-metragem e 4 curtas:

“Parquelândia” de Cecília da Fonte

“Mais Triste que Chuva num Recreio de Colégio” de Lobo Mauro

“O Esquema” de Caio Dornelas (aqui representado pelo produtor Alexandre Soares Taquary)

“Tempestade” de Fellipe Fernandes (aqui representado por um dos atores e preparador de elenco Fábio Leal)

“Alma Bandida” de Marco Antônio Pereira

Mediação por Filippo Pitanga

Também foram perpassados dentre os temas da noite a mais-valia e o uso de dispositivos de invenção e experimentação para contar as histórias por diversos ângulos e camadas — como o desdobramento de campos da história através de mais de uma narrativa simultânea ocorrendo entre a imagem e o som. Tudo para exprimir o desconforto do trabalhador diante das calamitosas políticas voltadas para o trabalho e a previdência atualmente:

Apresentação dos realizadores dos filmes da terceira noite competitiva: